Reduzindo custos com TI

Com mais de 25 anos de carreira na área de TI, vocês podem imaginar a quantidade de vezes que trabalhei em projetos de implantação de sistemas direta ou indiretamente. Desses projetos tirei aprendizados maravilhosos, que me proporcionam a oportunidade de ajudar diversos negócios.

Muitas vezes me deparo com convites para analisar problemas nos sistemas das empresas. E constatei que a maioria desses problemas não são sistêmicos, mas estão entre a cadeira e o teclado. Isso mesmo os problemas estão em PESSOAS. Seja por alocação errada de perfis, falta de treinamento e até má gestão.

Infelizmente a divisão entre áreas de exatas e humanas perdura até hoje. E o reflexo disso está dentro das empresas, que precisam entender que PESSOAS são a chave do sucesso de seus empreendimentos. Não basta ter o melhor e mais moderno parque tecnológico, é preciso investir em ter a melhor equipe possível.

Por isso atuo nas empresas nos três pilares: PESSOAS, PROCESSOS e TECNOLOGIA. Exatamente nessa ordem. É preciso entender as pessoas, quais suas motivações e expectativas. Engajar e treinar a cada uma, estabelecer metas, definir caminhos de desenvolvimento, acompanhar e reconhecer suas entregas e contribuições.

Quando atuamos nas PESSOAS e elas se sentem parte da equipe, podemos avançar para os PROCESSOS. E que grata surpresa temos ao descobrir que muitas vezes eles não existem. Raramente encontramos políticas, normas, processos e procedimentos estruturados dentro das organizações. Mas raro ainda é alguém que anota o que faz no seu dia a dia.

O segredo da excelência dos serviços e produtos é a padronização e a melhoria continua. Mas sem a definição clara de como alcançar, cada colaborador pode fazer do seu jeito e nunca se ter um modelo ideal de trabalho. Por isso os PROCESSOS são importantes, eles nos permitem uniformizar as melhores práticas. Além de ser possível mensurar seus resultados.

Quando PESSOAS engajadas e motivadas são convidadas a participar e definir PROCESSOS, temos uma transformação no clima organizacional e no resultado das empresas. Esse processo se acompanhado por uma análise profunda e séria do time, permitirá também redefinição de papeis e responsabilidades.

Terminada essas etapas, aconselho analisar a TECNOLOGIA. Afinal a empresa (consultório, clínica ou hospital) não pode se adequar a TECNOLOGIA, mas a TECNOLOGIA precisa servir e ser adequada a empresa. E esse tem sido o diferencial de usarmos essa metodologia de abordagem na hora de avaliar como aumentar a produtividade das empresas e, por conseguinte seus resultados.

Muitas vezes o investimento realizado em tecnologia não retorna conforme o planejado, mas ele não precisa se tornar um “elefante branco”. Comprar a tecnologia sob medida para o seu negócio faz toda a diferença nos custos operacionais. Pense por exemplo numa planilha como o MS Excel, o quanto você usa todas as funcionalidades? Será que um sistema como o Google Drive ou um BR Office não atenderia?

Essas e muitas outras questões surgem das PESSOAS, que conhecem seus PROCESSOS e usam a TECNOLOGIA em seu dia a dia. As respostas para todas as suas questões estão bem aí ao seu lado, nós apenas ajudarmos a extrair, estruturar e implantar. Agora pense, será que você tem a TECNOLOGIA que você precisa realmente?

Deixe seu comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: