Tenha o controle da sua carreira

Planejamento de carreira nunca sai de moda e ter um plano pode te ajudar a manter o controle durante toda a sua trajetória profissional. Não sei vocês, mas notei nos últimos dias um aumento no volume de vagas.  Pode ter sido apenas percepção, mas recebi muitos e-mails de alertas. Isso porque há alguns meses atrás os alertas pareciam todos como o meu site, fora do ar (por problemas técnicos do provedor).

Mas enfim, os alertas retornaram a frequentar minha caixa postal. Junto com eles ainda chegam muitos currículos de amigos e colegas buscando recolocação. Sempre tem alguém pedindo para recomendar em caso de uma oportunidade que chegue até a nossa empresa seja por clientes ou amigos. Muitos aproveitam e pedem dicas de como estruturar uma boa entrevista, o currículo e até dicas de comportamento.

Pensando no momento que estamos atravessando com muitos profissionais buscando recolocação. E com as vagas surgindo novamente, é bom aproveitar e pensar em como conduzir sua recolocação. Não há truques ou palavras mágicas para se saírem bem nos processos.

A realidade é que cada área de atuação tem suas particularidades. Como profissional, você deve saber o que há de mais relevante dentro de sua especialidade para se sair bem em uma entrevista. É um conjunto que vai desde a sua aparência, passa pela venda dos seus resultados anteriores e finaliza com a sua dinâmica durante o período que esteve à frente do seu entrevistador e/ou contratante.

Antes de mais nada, pare e reflita sobre o que você quer na sua carreira. Eu me formei em tecnologia da informação, o que faz com que todos acreditem que basta ler uma série de sintomas da máquina para você identifique o que ela tem de problema. Claro que não é bem assim, eu tenho meus conhecimentos específicos dentro da tecnologia e não sei fazer de tudo.

Por isso antes de atirar para todos os lados, precisei listar o que me faz diferente do candidato concorrente ao meu lado. Que tecnologias conheço, que técnicas e processos eu domino e que trazem resultados quantificáveis para a empresa. Então dentro de uma mesma área, há as especializações e mesmo que você esteja desempregado, não vale a pena atirar para todos os lados. Foque nas suas competências técnicas como ponto de partida.

Com isso em mente eu pude explorar no meu currículo de forma objetiva com o que conheço, quando trabalhei com elas e os resultados alcançados. Bem a parte técnica está perfeita, e a parte comportamental. Eu sinceramente me acho privilegiada por ter tido tantos feedbacks e mapeamentos de perfil comportamental ao longo da carreira. Por isso sei o que destacar de positivo e negativo no meu perfil.

Se esse não é o seu caso, recomendo um teste rápido para isso, me mande uma mensagem que te envio grátis. Ele não é o tipo de mapeamento que vai te dar todos detalhes, mas indica um caminho e você não vai ter de pagar por ele. Se quer algo mais, recomendo alguns de mercado que aplico na empresa.  Mas a ideia é se conheça, sem defensivas e medos. Saiba que comportamentos que podem ser positivos para uma pessoa, não tem o mesmo peso para outra.

Por exemplo, cito o caso de programadores, em tecnologia os programadores que melhor desempenham e coloco aqui meu ponto de vista, são os mais calados e tímidos. Pelo poder de concentração que possuem. E os melhores técnicos de suporte, os mais falantes e brincalhões, que conseguem distrair as pessoas e darem dicas de como resolver seus problemas técnicos. Porque não existem comportamentos e temperamentos certos ou errados. Mas comportamentos e temperamentos adequados aquela atividade.

As empresas também possuem culturas e histórias que as fazem preferirem alguns comportamentos em relação a outros. As empresas publicam nos sites sua história de fundação, sua missão, visão e valores e isso tem uma razão. Que você que é candidato saiba com quem está se relacionando. Ali já dá a primeira dica se essa empresa é a sua cara ou não. Departamentos comerciais, preferem pessoas mais comunicativas em contrapartida a turma que trabalha no financeiro ou contabilidade é mais comedida. Isso também tem muito sentido se pararmos para observar como é a rotina de trabalho dessas áreas independente das empresas.

Depois vem a hora de se vestir e já falei um pouco aqui sobre isso. Sempre é bom relembrar de dar uma atenção para a aparência. Nada que chame muito a atenção, para não distrair o entrevistador, nem perfume forte.  O foco tem que ser o seu currículo e o que você fala, não o que veste ou usa. Certo?! Então agora é deixar uma boa impressão com um aperto de mão seguro e um sorriso sincero iluminando o rosto.

Um comentário em “Tenha o controle da sua carreira

Adicione o seu

Deixe seu comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: