Comunidade de Prática

Em muitas conversas observo a necessidade das pessoas em aprenderem um pouco mais sobre alguma tecnologia sem a necessidade, porém de um curso extenso ou ainda aprofundado do tema.  A grande maioria quer ter independência para usufruir dos benefícios da tecnologia.  Depois de me deparar com empreendedores que gostariam de criar um site ou um blog para divulgar seus trabalhos e que ficaram na mão de um profissional que não entregou o acordado.

Além desse tema, muitos outros podem ser compartilhados por pessoas que se reúnem com esse interesse, isso seria uma comunidade de prática (CoP), esse termo utilizado por Jean Lave e Etienne Wenger descreve bem a aprendizagem social que ocorre a partir das necessidades de seus membros dentro do contexto de ação.  Cabe aqui ressaltar algumas diferenciações de uma comunidade de prática.  Isso não é uma força tarefa e nem um grupo de trabalho.

Segundo Etienne Wenger aprender em comunidades de prática significa não somente se engajar em um processo de aprendizagem social, mas também compartilhar as práticas socioculturais – experiências, histórias, ferramentas, linguagem, visão, valores e procedimentos – que emergem e se desenvolvem durante os momentos em que os membros interagem e expressam sua identidade como membros daquele grupo.

O coaching em grupo é uma comunidade de prática, já que seus participantes em sua maioria buscam sempre a mesma coisa, serem pessoas melhores.  Quando unimos o melhor do coach e dos coachees num processo como o coaching, podemos aprender na prática com o outro.

Nesse processo desenvolvi alguns cursos práticos com uso de ferramentas coaching para permitir que as pessoas possam aprender de forma mais rápida aquilo que elas precisam colocar em prática.  Além de ser bom para quem aprende, é gratificante para quem transmite o conhecimento, pois há uma troca de ideias muito rica durante os processos.

Não basta levar as ferramentas, mas fazer as pessoas interessadas, pararem e pensarem no que desejam realmente expressar com o que irão aprender. Além do empoderamento delas ao perceberem que podem sim ir além e criar seus próprios caminhos.

Deixe seu comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: