Lições do Trânsito Carioca

Nos últimos dias estive observando o transito da cidade e porque não dizer vivenciando. E eis que começo a ver de uma forma diferente o transito, ao me deparar com o intenso fluxo de carros. O que tinha me deixado assustada de pegar o volante do carro nas primeiras semanas, deu lugar a um desafio, e enfrentei os engarrafamentos da zona norte da capital que insistem em se fazer presente nas minhas manhãs.

Ao começar a vivenciar esses momentos, me senti aliviada por perceber que o velho conceito de que para eu chegar, não é preciso que você pare continua em voga. Esse conceito tão amplamente comentado por motoristas de outras cidades por onde passei, falam especialmente de como os motoristas se organizam para revezarem em um cruzamento na passagem de seus carros sem auxílio dos guardas.

Em uma rotatória não é preciso colocar semáforos (sinaleiras), os carros vão passando um de cada lado na sua ordem de chegada. E o transito flui, mesmo que encontremos o engarrafamento de toda manhã.

Infelizmente há os que não seguem esse modelo organizado de encarar os engarrafamentos, mas assim como na vida muitos pensam que para ganharem, alguém precisa perder. E ai como quem não quer nada, tentam furar a fila e passar na frente. Mas isso é uma minoria, ainda bem.

Então dar uma de esperto não cola muito aqui no transito carioca.  Na vida é assim também, porque tem aqueles que tentam dar uma de esperto, mas não significa que eles estarão sempre na frente.

Outro dia convergi numa rua que tinha pista exclusiva de ônibus e fiquei nessa faixa, até que percebi que estava irregular, prontamente ao dar sinal para entrar na fila certa, fui acolhida e pude corrigir o erro. Porém não vi o mesmo acolhimento de um carro que resolveu sair do final da fila e ir pela direita tentando se encaixar na frente dos outros carros.

Mais um exemplo de como os comportamentos do transito refletem muito do comportamento na vida. Então vale a pena ao sair e se deparar com o transito começar a observar com outras lentes a dinâmica que ali ocorre diariamente.

 

Deixe seu comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: