Acionando o chefe

Eu parto do principio que antes de acionar seu chefe, você deve buscar resolver a situação.  É uma crença minha e cada um tem as suas crenças, mas vim de uma formação onde você deveria resolver os conflitos com seus colegas e só envolver seu líder após esgotar as possibilidades.  Lógico que para agir assim, recebi diversas vezes a seguinte pergunta como resposta “Você já tentou resolver com ele?”.

Não tenha dúvidas só assim se aprende que o seu chefe também tem uma agenda cheia.  Não é por ser seu chefe que você delegará a ele a tarefa de resolver as questões.  Se a situação requer a ação dele realmente quero deixar umas dicas que podem ser interessantes:

  • Atenha-se aos fatos, separe as emoções e as suas percepções ajuda muito. Sempre digo que contra fatos e dados não há argumento. Isso parece óbvio, mas por que então muita gente continua misturando?
  • Seja neutro na colocação dos fatos que aconteceram e as consequências. Julgar e ou diagnosticar como o outro se sentiu é complicado e deve ser evitado.
  • Contextualize o problema e correlacione aos propósitos da companhia que podem ser afetados. Sendo problemas comportamentais é complicado falar, mas lembre-se que eles podem afetar ao clima organizacional.
  • Lembre-se que sua ação deve ser apenas relatar o fato, e não aconselhar seu chefe sobre o que fazer. Cabe a ele entender a situação e definir ações. Existem situações “agenda oculta” que em alguns casos só podem prejudicar a você.
  • Evite dar nomes, fale do problema. A sua preocupação deve ser alcançar as metas da empresa e não instruir ao colega, então foque as situações.
  • Sinalize que tentou resolver a situação antes de envolvê-lo e se possível coloque as soluções propostas. Isso ajudará na formulação de novas alternativas de soluções.
  • A melhor abordagem para apresentar uma situação que você não conseguiu resolver é apresentando ela de forma a pedir orientação. Além de resolver a situação pode ter um coaching muito interessante para próximos desafios como esse.
  • Não se faça de vitima em hipótese alguma. E se o chefe for amigo do seu colega, evite ao máximo envolver seu superior. Mas se não for possível, tenha mais evidências e se coloque a disposição para ajudar.

As divergências nas empresas deveriam ser apenas de ideias e não de pessoas.

Deixe seu comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: