Plano para tratar o conflito

Muitas equipes passam por momentos de conflitos devidos as diferenças de personalidades dos membros da equipe, isso é saudável até certo ponto, mas quando o nível de animosidade chega ao âmbito pessoal é complicado para qualquer gestor/líder lidar com isso.

Como gerente de projetos esse sempre foi um ponto complexo e por isso busquei ajuda com especialistas em gestão de pessoas, e quis desenvolver habilidades e competências no sentido de trabalhar melhor com a diversidade de ideias, comportamentos e opiniões.

Um plano que pode ajudar a reparar os danos da equipe que se encontra com problemas de conflitos deverá incluir os seguintes itens:

  • Boa Comunicação. Se o gestor/líder não for um bom comunicador, isto será uma experiência ruim para todos. As equipes quando estão com a moral baixa tendem a utilizar meios inadequados de comunicação. Não deixe boatos e incertezas inflamarem. Certifique-se de compartilhar a maior quantidade de informação que for possível sobre a situação atual do projeto, atividades e qualquer outra informação que possa impactar o time.
  • Elogios e cumprimentos. Quando os integrantes de sua equipe realizarem/entregarem um bom trabalho, certifique-se que os mesmos saibam. A maioria das pessoas não esperam recompensas em dinheiro ou presentes quando fazem um bom trabalho – apenas esperam ser cumprimentadas e reconhecidas pelo seu gestor/líder. Faça isso formalmente e informalmente, nas reuniões com o time, por email, pessoalmente, etc.
  • Defina expectativas claras. As pessoas necessitam compreender o que você espera delas de modo que as mesmas saibam os desafios que necessitam enfrentar. Certifique-se de fornecer instruções claras quando designar o trabalho de modo que as pessoas compreendam exatamente o que você quer dizer. Duplos sentidos ou “delargar” não ajudar em nada o alcance dos resultados.
  • Não comprometa excessivamente a sua equipe. Enquanto você tenta melhorar a moral da sua equipe, você também necessita ter cuidado para não comprometê-la excessivamente. Determine o trabalho restante para finalizar o projeto/atividade e renegocie o que pode ser feito após a finalização do prazo. Perfeccionismo ou processos desnecessários comprometem as entregas e a moral do time, em alguns casos de projetos há a necessidade de melhorias em algum escopo, controle a tentação e diga não.
  • Ganhe algumas batalhas pequenas. Moral baixa pode fazer com que sua equipe ultrapasse os prazos, causando assim mais pressão e degradando a moral. O contrário disso também é uma realidade. Se a equipe puder começar a bater alguns prazos e as metas (e você comunicar este fato e os elogiar), a moral da equipe deverá melhorar, o que fará com que seja mais fácil de bater as metas seguintes.

Sei que é difícil solucionar os problemas de uma equipe disfuncional, mas essas são algumas ideias que podem ajudar. Pense nas dicas como uma prevenção também.

Deixe seu comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: