Liberdade (by H.M.)

Liberdade, o direito de ir e vir? Certamente temos o direito de ir, mas nem sempre a gente volta como quer. Liberdade absoluta não existe. O fumante, por exemplo, pisoteia por cima da minha liberdade quando me obriga a respirar suas baforadas carregadas de tóxicos. Ele ignora que o seu direito cessa onde o meu nariz começa.

Grande parte da nossa imprensa escrita, fala e principalmente televisionada querem ter a liberdade para publicar pornografia. Outros querem ter a liberdade para ingerir drogas e outros querem liberdade para comercializarem esses venenos. Outros querem praticar o sexo desenfreadamente.

Outros querem a liberdade para fazerem uso da mentira, da violência, do roubo, do assalto, etc. Mas este tipo de liberdade permissiva destrói a vida. Certamente o ser humano pode ser livre para a prática da imoralidade, mas com precisão matemática há de colher os frutos da sua semeadura.

Jesus afirmou: “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. Mas não basta um conhecimento teórico. Há de ser necessário vivenciar os ensinos de Cristo.

É de todo necessário compreender que o homem só é livre enquanto tiver poder moral para controlar os seus impulsos. E para tanto ele precisa da experiência do novo nascimento. Ele precisa de um novo coração, precisa de uma nova mentalidade.

Deixe seu comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: